Mal menor!

Postado por Paulo Cezar Soares | segunda-feira, 1 de Março de 2021

 

O rebaixamento do Botafogo e do Vasco para a Série B do Campeonato Brasileiro não é um caso isolado do futebol carioca. Infelizmente, é mais uma demonstração das perdas que o Rio vem acumulando ao longo dos anos, fruto da sua degradação econômica, social e política.

 A cidade segue perdendo os seus referenciais, sua cultura, seu prestígio e seu charme, tão decantado há algumas décadas. Apequenou-se a outrora Cidade Maravilhosa, o tambor do Brasil.

Tornou-se uma cidade dominada pelas milícias, pelo tráfico de drogas, onde praticamente toda semana há uma vítima de bala perdida - às vezes crianças - com dois governadores afastados do cargo: um condenado a vários anos por diversos atos de corrupção; e um outro, acusado também por corrupção, afastado do cargo, corre o risco de um impeachment.

Tudo piorou, não só para o Rio, mas para todo o país, a partir do golpe que defenestrou a presidente Dilma Rousseff. Depois tivemos outro golpe: a prisão do ex-presidente Lula, protagonizada pela Lava Jato, cujo objetivo foi afastá-lo da disputa da eleição presidencial.

Demonizado o PT e o seu líder, com acusações jamais comprovadas, venceu o candidato que prometeu acabar com a corrupção e um novo modo de governar. Foi visto por uma parcela dos brasileiros como um mal menor.

A opção, movida pela emoção e não pela razão, ainda não funcionou, pois o país vive um caos, sem projetos na área social, desemprego em massa, subemprego, fome, com muitas pessoas vivendo nas ruas, e o povo morrendo vítima do coronavírus que, a despeito da gravidade do momento, jamais recebeu, por parte do mal menor, a atenção devida, um combate à altura.