Imprudência, imperícia e desrespeito

Postado por Paulo Cezar Soares | Sábado, 23 de Junho de 2018

Resultado de imagem para helicóptero em ação em favela carioca     Guerra urbana: helicóptero da PM em operação na favela da Rocinha, Zona Sul do Rio.

 

Há um efeito psicológico negativo - sensação de impotência e medo - quando um helicóptero da polícia fica sobrevoando e dando rasantes numa área de favela - recuso-me a usar o termo comunidade. Isso é coisa de tecnocrata. Uma mistura de hipocrisia com babaquice.

Na última quarta-feira, uma intempestiva e desastrada ação da polícia no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio, acabou ocasionando a morte de mais um inocente: o estudante Marcos Vinicius, 14 anos, baleado quando ia para a escola, com  a camisa do colégio. No hospital, ainda conseguiu transmitir à mãe, a explicação para o tiro que o atingiu. Disse que partiu de um blindado da polícia - o caveirão. Marcos Vinícius chegou a ser operado, mas não resistiu.

 A operação policial deixou sete mortos e contou com a presença de helicópteros, de onde partiram diversos tiros, sem necessidade e, de acordo com relato de moradores. mais de 100 balas no chão foram contadas. Uma forma de intimidação, covardia inominável.

O fato descrito no parágrafo acima não é novidade. Durante o governo de Leonel Brizola - que governou o Rio de Janeiro de 1991 a 1994 - com o objetivo  de proteger os moradores e evitar mortes de inocentes, o governador proibiu operações policiais com o uso de helicópteros. Só poderiam ser utilizados  com a sua autorização. Medida oportuna, em defesa dos Direitos Humanos,  que poderia - e  deveria voltar a vigorar. Em função disso, foi acusado pelos seus opositores de proteger os bandidos, pois teria proibido a polícia de entrar nas favelas. Flagrante distorção dos fatos. O fake news da época. Brizola, político de esquerda e nacionalista - classe em extinção - faleceu em 2004, aos 82 anos.

  A despeito da crise econômica e política que o Estado enfrenta, a polícia carioca precisa modernizar os seus procedimentos operacionais.