Ideia inócua

Postado por Paulo Cezar Soares | segunda-feira, 18 de Junho de 2018

Na semana passada, o ministro da Segurança Pública, Raul Jugmann, disse que pretende estender o prazo da intervenção federal no Rio de Janeiro, por mais um ano. Independente se o novo governador do Rio de Janeiro irá concordar ou não com o ministro, não faz sentido. A presença dos militares do Exército na paisagem carioca não mudou o cenário da violência urbana. Ainda não conseguiram apresentar nada de positivo. E determinados índices da violência urbana não param de crescer.

Como diz o dito popular, não adianta tapar o sol com a peneira. Enquanto o Estado não tiver uma nova configuração política e investimentos dignos de nota direcionados para a segurança pública, principalmente para a melhoria da infraestrutura da polícia - civil e militar - nada de novo vai ocorrer na área da maior mazela carioca, e as balas perdidas vão continuar fazendo suas vítimas, infelizmente.

Em tempo - O governo golpista do presidente Michel Temer criou mais um ministério. Sem necessidade, diga-se de passagem. A economia do Temer só acontece para tirar verbas de projetos sociais, ampliando o sofrimento do povão. Triste! Muito triste!