Não desanime!

Postado por Paulo Cezar Soares | segunda-feira, 9 de Outubro de 2017

Leonel Brizola (1922-2004) costumava dizer que cocaína não é plantada em favelas. Colocando um adendo a essa frase, podemos acrescentar que, do mesmo modo, não existem também fábricas de fuzis. 

Há uma campanha não institucionalizada a respeito da quantidade de fuzis nas mãos da bandidagem. O tráfico consegue seus armamentos e munições sem maiores dificuldades, pois o dinheiro compra tudo. Infelizmente!

No último domingo, o jornal O DIA fez uma matéria a respeito da entrada de armas no Rio, com destaque para os fuzis, cujas apreensões pela polícia, de janeiro a agosto deste ano, supera em 75%  o número de fuzis apreendidos, em igual período, no ano passado. Um membro  da Coordenadoria  do Grupo de Atuação Especializada em Segurança Pública (Gaesp) do Ministério Público do Rio de Janeiro disse que o problema é nacional. Demanda “medidas no âmbito federal, sem as quais não estaremos, verdadeiramente, promovendo a segurança pública”.

Em todo o país, mas principalmente no Rio de Janeiro, a violência urbana, ao contrário de algumas décadas, não está restrita a favelas e bairros de periferias. Alastrou-se. Atinge a todos. Não escolhe classe social, hora e lugar. Com o Estado acéfalo, em virtude da grave crise financeira que vem enfrentando, nada funciona a contento. E a polícia não tem uma infraestrutura adequada para combater à altura o crime. Por isso, não raro, temos a presença das Forças Armadas nas ruas do Rio. Fato que não resolve o problema em tela. Funciona apenas como um efeito psicológico para a opinião pública.

O país precisa se unir para combater a violência. Todos irmanados num só objetivo, ou seja: encontrar caminhos para combater o problema de forma objetiva, profissional e permanente.

Sem preconceitos e qualquer tipo de interesse político. Mas como fazer isso com um governo como do presidente Michel Temer, sem credibilidade popular? No caso do Rio de Janeiro é praticamente a mesma coisa, pois o governador Pezão tem sido apenas uma figura decorativa. Arrasta-se no cargo e deve estar torcendo para acabar logo o seu mandato.

A fase é negra! Tudo está muito difícil e complicado. Mas há saídas. Creia nisso!

E não desanime!   

Comentários

Adicionar comentário

Preencha o formulário abaixo para postar seus comentários